Tudo que precisa saber sobre o antifraude

Ter um sistema de antifraude é essencial para quem atua no comércio. Não apenas quem vende se beneficia com isso, como também quem compra. 

E, de fato, quando o assunto é fraude não existe uma fórmula pronta do que fazer e do que não fazer. Aqui, portanto, vamos mostrar tudo que precisa saber sobre o antifraude e como pode estar se preparando para evitar esse transtorno.

A criação desse sistema deve se basear em diferentes ações. Diante disso, é possível que tenha a necessidade de definir aquilo que é mais importante para sua empresa no combate à fraude, de acordo com o porte e com o tamanho do seu negócio.

Assim, a resposta fica mais rápida e simples, objetiva! Como se é de esperar, isso é algo criado com base no pessoal de cada empresário.

Assim sendo, é muito importante que esse conheça muito bem sua empresa, evitando assim investimentos desnecessários e, muitas vezes, prejudiciais, afinal perder dinheiro é o que vamos evitar com um sistema antifraude.

Não entendeu ainda? Não se preocupe, vamos explicar com mais detalhe a seguir!

Tópicos Importantes, clique abaixo

O que proteger em seu negócio com um sistema antifraude

O antifraude é utilizado, sobretudo, na web. Acredite, é muito importante saber qual é a prioridade de seu e-commerce antes de utilizar qualquer sistema, o conhecimento antecipado ajudará a formular a melhor estratégia. 

Sabendo o que é prioridade, fica muito mais fácil estabelecer os principais pontos referentes ao processo.

Dessa forma, existe até mesmo um sistema antifraude que visa demonstrar como suas ações devem ser tomadas. Ele é baseado em um triângulo que destaca três importantes pontos para diferentes negócios.

Ele destaca que cada e-commerce irá buscar seu próprio equilíbrio dentro do mercado, além de mostrar o quão importante é chegar a esse equilíbrio. Existem diferentes tipos de prioridade para um negócio, essas são:

  • O chargeback baixo;
  • A taxa de aprovação;
  • A revisão manual em menor escala.

Vamos falar um pouco mais sobre essas possibilidades agora mesmo!

Prioridade: chargeback baixo

Uma estratégia para criar um bom sistema anti plágio é utilizar um chargeback baixo. Entretanto, em muitos modelos de negócio ele pode ser prejudicial, já que é possível que perdesse muitos clientes.

Em suma, você terá que ter um cuidado a mais em seu diagnóstico de pedidos. Dessa forma, é necessário que os dados sejam processados de forma mais lenta. 

É claro, com isso a velocidade de entrega também cai bastante. Não é uma boa estratégia para todos os tipos de negócios.

Sim! A análise é feita de forma manual, com o objetivo de diminuir ao máximo o número de fraudes durante o processo. Essa questão pode levar muito tempo para ser resolvida, uma vez que o processo é manual, o que implica inclusive perder tempo final de semana e feriado, ou seja, perder dinheiro.

Se a sua prioridade é ter um chargeback baixo, essa é a melhor estratégia que pode tomar para evitar as fraudes, mas, caso seu modelo de negócio necessite de outro fator, vamos a ele.

Agora a prioridade é a taxa de aprovação

Com certeza a taxa de aprovação é muito importante para diversos negócios. Afinal, é graças a elas que produtos podem ser vendidos mais rapidamente. 

No entanto, isso também causa problemas já que a maioria dos e-commerces utilizam um sistema de análise automática para isso.

Nesse caso, é importante ter um sistema antifraude para lidar com essa parte. Ele deve oferecer para seu e-commerce, as seguintes vantagens:

  • Ter uma base de dados atuais sobre os clientes;
  • Contar com uma boa machine learning, para aprender com os possíveis erros. Até porque essa é uma maneira de deixar a máquina aprendendo com as ações dos fraudadores;
  • Conseguir rastrear a intenção dos clientes legítimos e dos fraudadores, isso é essencial.;
  • Por fim, o tempo de processamento deve ser rápido!

A prioridade de uma revisão manual menor

Existem certas situações que podem causar problemas sérios para uma empresa que lida com antifraude, é importante se atentar a elas. 

Imagina, por exemplo, que seu negócio tenha determinados clientes conhecidos, bons pagadores. Certo dia, o antifraude detectou alguma tentativa de realizar uma ação imprópria vinda de alguns deles.

Logo em seguida, o cliente entra em contato com você irritado por não conseguir terminar seu pedido. O que fazer nesse momento?

Seria simples tirar o programa da sua empresa, mas a verdade é que isso não resolveria. Até mesmo essas máquinas podem ter taxa de erros. Nesse caso, uma análise feita manualmente também pode ajudar. 

Essa é a melhor alternativa. Porém, quanto mais tempo gasto em uma análise manual, pior. Por isso é também muito importante ter um sistema que funcione bem, que erro o mínimo possível.

Concluindo

O sistema de antifraude, para funcionar bem, deve ser robusto, ou seja, contemplar a sua empresa em todos os sentidos, unificando os processos e reduzindo tempo.

Você pode contratar alguns e se decepcionar pelo mau funcionamento. Uma pesquisa no mercado é essencial para escolher o melhor produto, gaste o tempo que precisar antes de fechar com alguma empresa. 

Além disso, há muita vantagem em realizar análises manuais. O meio automático, apesar de rápido, pode causar muitos problemas para seu e-commerce, então, ao escolher um manual certifique-se do seu funcionamento e vantagens.

É claro, com o número de fraudes crescendo na internet, é bem provável que você esteja preocupado com que tipo de ação tomar. 

Siga essas dicas e conseguirá diminuir muito os números. Espero que tenha gostado das nossas dicas, até a próxima!

Repense Blog

A Repense Blog traz para você os melhores conteúdos da internet. Seja bem-vindo e desfrute de pautas especialmente separadas para você. Portal de conteúdos atualizado diariamente.

Que tal continuar conosco, veja os conteúdos separados especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × dois =

Go up